101 Dálmatas - Ninguém Nos Pega


Todos temos que subir,
Mas os perigos vão surgir.
É um casarão de assombração.
Como todos notam,
Do porão até o sótão,
Já procuram os filhotes que estão escondidos.

Dentro dos quartos e em toda parte.
Estão no hall, eles fogem do sol.
Tratam de sumir e procuram não latir.

Eles se escondem no banheiro ou quarto,
Toda a casa é um canil.
Quem os viu a tremer de frio.
O ar constrange, a porta range.

Nas paredes, teias de areia.
E nas caças, os troféus.
Ratos vindo, chão caindo.
Tudo aqui é de apavorar.

Quem procura dálmatas se perde
Nesse espaço tão vazio.
É difícil nos encontrar
Nos esconderijos do casarão.
Vamos tratar de nos mandar.
Vamos correr, ninguém nos pega, não.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festa no Céu - Te Amo Demais

Cinderela - Canção dos Ratinhos

Festa no Céu - Canção do Perdão