A Bela e a Fera (filme) - Bela


{Bela}
Tudo é igual nessa minha aldeia
Sempre está nessa mesma paz
De manhã todos se levantam
Prontos pra dizer...

Bonjour, Bonjour, Bonjour, Bonjour, Bonjour!

Vem o padeiro com os seus assados
Com pães e bolos pra ofertar
Todo dia é assim, desde o dia em que eu vim
Pra essa aldeia do interior

[Padeiro: Bom dia, Bela]
[Bela: Bom dia, Monsier Jean. Perdeu alguma coisa?]
[Padeiro: Era o que eu me perguntava, o problema é que eu...
Uh, eu não me lembro... Depois vou me lembrar. Aonde está indo?]
[Bela: Devolver um livro ao Père Robert, é sobre apaixonados em Verona]
[Padeiro: Que monótono]

Temos aqui uma garota estranha
Tão distraída lá vai ela
Não se dá com o pessoal
Pensa que é especial
Chega a ser tão engraçada a nossa Bela

Bonjour, bom dia
E a família?

Bonjour, bom dia
E sua esposa?

Tem ovo aí?
Tá caro o preço!

{Bela}
Eu quero mais que a vida no interior

[Père Robert: Ah, se não é a única leitora da cidade!
Me conta, pra onde você fugiu essa semana?]
[Bela: Eu estava no norte da Itália, eu nem queria voltar.
Sugere algum outro destino?]
[Père Robert: Eu não pensei em nada, mas você pode reler a obra que você quiser]
[Bela: Sua biblioteca faz esse lugar parecer maior]
[Père Robert: Bon voyage!]

Essa garota é muito esquisita
O que será que há com ela?
Ela é uma criatura com mania de leitura
É um enigma pra nós a nossa Bela

{Bela}
É um lindo romance
Eles dois se encontram no jardim
É o príncipe encantado
Mas ela descobre quem ele é quase no fim

O nome dela quer dizer beleza
Não é difícil de entender
Mas por trás dessa fachada
Ela é muito fechada
Ela é bastante inteligente
Não se parece com a gente
Se tem moça diferente é a Bela

[Gaston: É ela, Lefou! Minha futura esposa...
Bela é a mulher mais linda de toda a aldeia, isso a torna a melhor]
[Lefou: Ela é tão inteligente, e você é tão atlético e chique]
[Gaston: É, mas me sinto só desde que acabou a guerra, sabia?
E ela é a única que parece ter um certo...]
[Lefou: Je ne sais quoi?]
[Gaston: Eu não sei o que significa]

{Gaston} 
Desde o momento em que eu a vi eu disse
Não há ninguém igual a ela
Eu vi logo que ela tinha, a beleza igual a minha
E é por isso que eu quero casar com ela

Lá vai Gaston, ele é sublime
Monsieur Gaston tão bonitão
Quando ele passa eu fico arfando
É forte, é bruto, ele é um solteirão

Bonjour
Perdon
Bom dia
Oui
Mas isso é bacon
Que belas flores
Peguei
Três metros
Um quilo
Perdon
Eu pego a faca
Quero passar
O peixe já fede
O pão tá velho
Está enganado
Eba, café

{Bela}
A vida aqui nunca vai mudar

{Gaston}
Eu quero levar Bela pro altar

Nós nunca vimos moça tão estranha
É especial essa donzela
Nem parece que é daqui
Pois não se adapta aqui
Esquisita como ela é
Não tem ninguém, só ela é
Mas todo mundo diz que é
É Bela


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festa no Céu - Te Amo Demais

Cinderela - Canção dos Ratinhos

Festa no Céu - Canção do Perdão