Moana - Brilhe!


O Tamatoa já viveu outro papel
De um caranguejo sem graça.
Mas agora resolvi ser mais cruel
Porque sou bárbaro, baby.

Sei que sua avó disse pra tentar
Seguir a voz que te guia
Isso é conversa, é melhor desencanar
Vovó gagá!

Esqueça e brilhe
Como as jóias que sem dó pirateei
Tire a casca e mostre o seu brilho
Brilhe mais do que o colar que eu arranquei
Me empolguei.

Meu amor, peixes vão, vão, vão
Vão atrás do que tem brilho
Que vacilo!
Vou de grão, grão, grão
No final sou eu que brilho
Hm... Delícia!

'Cê corre o risco, de virar petisco.

Olha só, então Maui vai perder pra um caracol
É só um semi-demi-mini-deus
Ai, que vergonha, que fiasco, pega o anzol
Pega! Sem seu brinquedo cê não é ninguém

Eu confesso que você me fez pensar
Em tattoos sensacionais
E eu também fiz do meu casco o meu altar
Somos iguais, é a nossa luz

Brilhe!
Pedra bruta ou lapidada, tanto faz,
Mais e mais só faz com que eu brilhe

Não me assusto nem com bala de canhão
Eu sou durão
Maui, bro, nem tente mais, mais, mais
O crustáceo é superior e agora te humilhou
E tem mais!
Porque cê vai, vai, vai
Você vai agora se estrepar, cê vai dançar

Abandonado buscando em vão
O amor dessa gente que mente e desmente
E aprenda a lição, o seu casco não é tão durão

Maui, o meu trunfo é ser mais chique
Seja o meu almoço, brilhe!

Tá na hora de você se despedir
C'est la vie mon ami,
E que eu brilhe, você vai virar comida de siri
Só pra mim!

Contanto que eu sempre brilhe!
Contanto que eu sempre brilhe!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festa no Céu - Te Amo Demais

Cinderela - Canção dos Ratinhos

Festa no Céu - Canção do Perdão