O Corcunda de Notre Dame 2 - Milagre Trivial


Eu penso em ter perto o ser que eu amo.
Eu penso em ver o seu olhar assim.
Eu penso que esse amor jamais terá um fim.

Não é raro de se ver
Um casal se entender.
É só um milagre trivial,
Do tipo que nós vemos,
Todo dia tem.

Ou como a primavera,
Que em setembro vem.
Temos tantos.

É um milagre trivial.
Um tipo de milagre que é veloz demais
Ou pode ser dos tipos que são graduais,
E perdemos.

Um raio súbito, distante,
A seta a pedra se elevou.
E mesmo quem a pouco que nasceu
Tão grande já ficou
E amou.

E pra acabar com isso,
Entre mais de mil feitiços,
Não tem um,
É o amor.

Claro que eu sou suspeito,
Mas pra uns isso é um direito
Tão comum.

É tanto que um milagre traz
Mistério e magia
E um bem maior.
Mas a paixão é dos milagres o melhor.
Ah, olhá-la, senti-la, e tê-la.

Eu penso em ter perto o ser que eu amo.
Eu penso em ver o seu olhar assim.
Seria extraordinário até o fim.
Ah, se um milagre trivial fosse pra mim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festa no Céu - Te Amo Demais

Cinderela - Canção dos Ratinhos

Festa no Céu - Canção do Perdão